Como montar um motor Malossi MHR

PT: Como montar um motor Malossi MHR - Piaggio Descobrimos este fantástico vídeo feito pela Malo...

Como destrangular um escape de scooter

Neste guia iremos explicar como destrangular um escape de scooter. Para fazer face ás normas europ...

Boost Bottle! O que é e como se monta ?

Neste artigo poderemos ver como se montar e para quer serve a Boost Bottle! Trata-se de uma câmar...

Diagnóstico de velas de ignição

    Aprenda a diagnosticar o estado do seu motor observando a vela! Você sabia que alguns dos p...

Como medir o squish de um cilindro?

  Graças a este manual aprenderás a medir o squish do teu cilindro. O squish é a distância que fic...

  • Como montar um motor Malossi MHR

    Tuesday, 27 August 2013 11:13
  • Como destrangular um escape de scooter

    Monday, 17 September 2012 15:43
  • Boost Bottle! O que é e como se monta ?

    Sunday, 02 September 2012 15:02
  • Diagnóstico de velas de ignição

    Thursday, 30 August 2012 19:55
  • Como medir o squish de um cilindro?

    Tuesday, 28 August 2012 18:50

Como funciona a transmissão automática

обзоры автоновинок kaps4karing.com
село ремонтное

 

Este artigo serve para explicar de forma fácil e simples como funciona, basicamente, a transmissão de qualquer moto automática.

Uma transmissão automática é composta, em termos básicos por três elementos. Variador, embraiagem e correia. É a responsável, como o seu nome indica, de transmitir a energia produzida no motor à roda.

O variador é colocado no eixo da cambota e é composto por uma pino, o variador em si ( que aloja os roletes), a rampa, semipolie e os roletos, ventilador e uma ou outra anilha dependendo do modelo da moto. Variador

A embraiagem é colocada no eixo da transmissão primária. O conjunto traseira da transmissão é constituido por embraiagem ( e esta por sua vez por maxilas, regulador de tensão das molas de embraiagem e molas de embraiagem) capanula, mola de contraste (mostrada na primeira imagem) correia e  polies.

Na seguinte imagem pode ver primeiro a embraiagem, a capanula e depois as polies.

Embraiagem

Capanula

Como funciona isto tudo?

O variador junto com a embraiagem e a correia para que tenha uma ideia, é como se fossem a roda pedaleira, correia e cremalheira de uma bicicleta. Então, como numa bicicleta, quanto maior a posição da corrente na roda pedaleira  e menor na cremalheira, terá uma relação mais larga e por isso maior velocidade e o oposto quanto menor for na roda pedaleira e maior na cremalheira, maior será a potência e menor a velocidade, e numa moto é igual, quanto mais se conseguir subir a correia no variador e baixar a correia nas rampas da embraiagem, maior velocidade alcançará a moto.

Tem que se destacar que numa moto automática, a correia parte de momento curto, estando a correia situada na parte mais externa da embraiagem e na parte mais interna do variador.

Aqui está um exemplo de  funcionamiento.


Numa bicicleta, consegue-se subir as mudanças via dois desviadores, nas scooters automáticas, não tendo mudanças, esta mudança é feita automaticamente com ajuda dos roletes, graças à inércia que estes fazem, eles vão-se movendo dentro do variador e fazem com que a rampa vá empurrando o variador de tal forma que a correia vá subindo no variador desde a parte interna até à mais externa, fazendo com que a velocidade vá aumentado.

Na seguinte imagem vemos como a correia está na parte na parte intena (figura da direita em azul) e como os roletes empurram o variador fazendo a correia subir (esquerda).

Este movimento da correia a longo do variador, faz com que o outro extremo da correia, isto é na embraiagem, se desloque para o centro no lado da embraiagem, devido a pressão exercida pelo abertura do variador graças a rolar dos roletes.

Conforme vamos largando o punho de acelerador,  a cambota deixa de transmitir energia ao variador, fazendo com que os roletes comecem a voltar à sua posição inicial, permitindo a correia ir deslizando de novo até ao interior do variador. Além disso há a mola de contraste que exerce pressão nas polies da embraiagem, para que estas se juntem, de tal maneira que a correia volte à sua posição inicial, que é a mais externa.

Finalmente falta uma explicação sobre o funcionamento da embraiagem, já que já vimos como funciona a mola de contraste, mas então como funciona a embraiagem e capanula? Porque é que a mota quando está parada avança de forma automática ao acelerar?

Como mencionado acima, o conjunto da embraiagem é directamente fixado ao eixo da roda dentada / roda), no entanto, como o motor não está em movimento, nenhuma energia é transmitida à roda. Isto é devido ao conjunto de roletes apenas irão rolar, fazendo abrir o variador de maneira a que este exerça pressão sobre a correia fazendo com que esta vá se posicionando no cento das polies de embraiagem. Com a inércia que recebe da energia proveniente do variador e por tanto girar, as maxilas da embraiagem começam a expandir-se de tal forma que os calços começam a agarrar a capanula e é aqui finalmente que se transmite a energia até à roda.

Graças às pequenas molas de embraiagem, que se encontram nas maxilas da embraiagem, fazem com que as maxilas voltem à posição inicial, por isso quando desacelaramos, os calços soltam a capanula deixando a roda livre.

desmontada

Com esta explicação torna mais fácil saber para que serve cada um dos elementos que podemos encontrar no mercado para preparar a transmissão. Rampas de variador ( que dão uma curvatura distinta a este de maneira a modificar a aceleração), polies de embragem com com ângulos diferentes, molas de contraste que fazem com que a correia se mantenha mais tempo em cima na parte externa da embraiagem, para assim manter a mota acelerada por mais tempo, polies sobredimensionadas, variadores sobredimensionados, roletes de maior ou menor peso com os quais conseguimos maiores ou menores inércias e por isso dar maior ou menor velocidade de ponta ou aceleração, capanulas mais leves que permitem melhorar as inércias e acelerações, correias reforçadas, etc..

No próximo artigo iremos explicar como preparar correctamente e equilibradamente uma transmissão. De momento já sabes para que serve cada coisa.

 

каталог фаберлик на сайте faberllena.ru
народная медицина

Artigos técnicos e manuais de mecânica

Artigos relacionados